Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2012

EM NOME DA JUSTIÇA COM JOÃO ALEXANDRE

Em nome da Justiça João Alexandre

Enquanto a violência acabar com o povão da baixada E quem sabe tudo disser que não sabe de nada Enquanto os salários morrerem de velho nas filas E os homens banirem as leis ao invés de cumpri-las Enquanto a doença tomar o lugar da saúde E quem prometeu ser do povo mudar de atitude Enquanto os bilhetes correrem debaixo da mesa E a honra dos nobres ceder seu lugar à esperteza.
Não tem jeito não.
Só com muito amor a gente muda esse país Só o amor de Deus pra nossa gente ser feliz Nós os filhos Seus temos que unir as nossas mãos Em nome da justiça, por obras de justiça Quem conhece a Deus não pode ouvir e se calar Tem que ser profeta e sua bandeira levantar Transformar o mundo é uma questão de compromisso É muito mais e tudo isso.
Enquanto o domingo ainda for nosso dia sagrado E em Nome de Deus se deixar os feridos de lado Enquanto o pecado ainda for tão somente um pecado Vivido, sentido, embutido, espremido e pensado Enquanto se canta e se dança de olhos fechados Tem gente morr…

EVANGELIZAÇÃO NA BÍBLIA: PECADO, QUEDA E JUÍZO

Os primeiros conceitos a serem investigados na fundamentação bíblica da evangelização dizem respeito à quebra na relação entre Deus e o homem e na harmonia entre o homem e a criação: pecado e queda. Devemos pensar estes termos na perspectiva dessa relação. Pecado e queda não são o fim, mas o começo. Depois deles, Deus não inicia uma nova relação com o homem e o mundo. Ele inicia a execução do seu verdadeiro plano para a vida.  Tomar a criação como ato da vontade salvífica de Deus leva-nos a calcular o impacto desta verdade sobre nossa compreensão do homem e do universo. O homem e a natureza foram perfeitamente criados. Mas, sofreram juntamente a queda. A comissão de Lausanne, no livro A Missão da Igreja no Mundo (ABU/Visão Mundial), concorda que, no Éden, imediatamente após a queda do homem, o próprio Deus anuncia a restauração por meio da vinda de Jesus. A Boa Nova, o Evangelho irrompe logo no início da história bíblica. A providência da redenção do homem já havia sido planejada antes…

EVANGELIZAÇÃO NA BÍBLIA: CRIAÇÃO E SALVAÇÃO

A Evangelização na Bíblia encontra assento inicial na relação entre as doutrinas da criação e salvação. Antigo e Novo Testamento são unânimes em vincular uma à outra. Deus cria para salvar e salva re-criando, creatio ex nihilo. Transforma o caos em cosmos. Além da relação fundamental salvação-criação, o texto sagrado foi estruturado de tal forma que os conceitos necessários para compreender a relação Deus-homem são tecidos pelas narrativas da criação, queda e promessa de redenção do homem.  Cristo é o agente e o propósito da criação de Deus, o princípio ativo na estruturação do cosmos, e na revelação do plano divino para a salvação do homem. Por isso, René Padilla, em seus ensaios sobre o Reino e a Igreja, fala de ênfase cristológica do universo. “Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez” (João 1.3).  A Bíblia começa com uma cosmogonia, uma descrição da criação do mundo a partir da palavra criadora de Deus, o fiat divino. “No princípio cri…