Pular para o conteúdo principal

PIB EM CATU REALIZA DEBATE SOBRE BIOÉTICA

A PIB CATU realizou no último sábado (04/06) um debate sobre Bioética nas áreas científica, jurídica e teológica. O evento faz parte da implantação do CCL - PÓLO CATU - Curso de Capacitação de Líderes realizado pela OPBB-BA-RMS - Ordem dos Pastores Batistas do Brasil na região metropolitana de Salvador. A PIB CATU é a sede do PÓLO III que abrange Catu, Pojuca e São Sebastião do Passé.
O debate teve a mediação do Pr. Petronio Borges, pastor da igreja e coordenador do pólo, que expôs a visão bíblico-teológica. O tema foi discutido com alunos em potencial e contou com a participação do Dr. Linsmar Dantas, médico gastroenterologista (UFBA), membro da igreja, apresentando a abordagem científica e do Pr. Lourival Azevedo, pastor emérito da PIB CATU, advogado militante (OAB), expondo o ponto de vista jurídico.
A repercussão foi positiva e motivou os presentes a confirmarem suas matrículas no CCL que iniciará suas aulas regulares no dia 09 de julho (sábado - 09/07).
A bioética representa um desafio para a igreja local que deve ter seus líderes preparados para a discussão. pois envolve opiniões divergentes inclusive nas religiões. A Bíblia revela Deus com Senhor absoluto sobre a vida e a morte e estabelecendo limites que o homem não pode ultrapassar. Deus é Criador. O homem é criatura. No entanto, se reconhecemos a beneficência na ciência sobre a saúde, por exemplo, como afirmar a fé diante de avanços que transpõem limites mas trazem benefícios inquestionáveis?
Questões como estas foram discutidas e outros temas serão abordados nos encontros preparatórios do CCL - PÓLO CATU dias 11 e 18 de junho às 15:00 na secretaria da PIB CATU. Aguardamos você. Aguardem novas notícias.

Postagens mais visitadas deste blog

CONVITE PARA POSSE

CENTENÁRIO DA PRIMEIRA IGREJA BATISTA EM DIVINÓPOLIS

Texto e Direção: 
Pr. Tarcísio Farias Guimarães
Locução: 
Pr. Petrônio Almeida Borges Júnior
Em 1919, Divinópolis ainda era uma pequena cidade em busca de desenvolvimento. A estrada de ferro trazia para a terra do Itapecerica pessoas que, somadas à população local, trabalhavam para sustentar suas famílias e contribuir com a estruturação da recém-emancipada cidade do Oeste Mineiro. A cidade contava apenas 7 anos de história quando testemunhou o início de uma outra bela história: a organização da Igreja Batista de Divinópolis, no dia 27 de Julho de 1919, resultante do trabalho de irmãos que aqui se instalaram nos anos anteriores e formaram a Congregação da Primeira Igreja Batista de Belo Horizonte. 

Os 31 membros que escreveram as primeiras páginas da história da nossa Igreja foram usados por Deus para espalhar a semente do Evangelho nos corações daqueles que estavam à sua volta. Cumpre-se na história centenária da Primeira Igreja Batista em Divinópolis o que está escrito em Eclesiastes, cap…