Pular para o conteúdo principal

CONCEITO DE TEOLOGIA

Em postagem anterior defendi que o pastor deve estudar teologia. Agora convido o leitor a continuar a reflexão na tentativa de definirmos o que é teologia e por que existem várias teologias. Para estudar teologia o pastor deverá aprender a definir conceitos e exercitar-se na caracterização das diversas variações do fazer teológico.

A palavra "teologia" é de origem grega e constituída de dois termos específicos: 'teo', Deus, e 'logia', estudo. Uma tradução literal comunica simplesmente “o estudo de Deus”. Ficar apenas nessa explicação é reduzir o sentido e gerar uma definição que inviabiliza a estruturação da teologia enquanto ciência.

Uma vez que Deus não pode ser objeto de investigação científica, a pesquisa teológica deve ser direcionada para a fé em Deus. Esta fé está fundamentada na revelação de Deus registrada nas Escrituras, espelhada na personalidade humana e experimentada na historia da igreja. A teologia, portanto, em sua acepção cristã, é o estudo da revelação que Deus fez de si mesmo, conforme registrada das Escrituras Sagradas, centrada na pessoa de Cristo, compreendida a partir da fé e relacionada com a experiência histórica da Igreja e o contexto atual.

Assim a teologia pode se posicionar academicamente ao lado das ciências humanas para estudar o fenômeno religioso. Deve ser considerada, no entanto, a diferença principal entre estas áreas do conhecimento. Merval Rosa propõe que essa diferenciação está no ponto de partida. A Teologia parte da fé, a Filosofia, da razão, e as Ciências da Natureza, da experiência empírica.
Ter a fé como instrumento não faz a teologia ser irracional. Ocorre que o fazer teológico não pode ser enquadrado na categoria da razão. A teologia é trans-racional. Usa a razão à luz da fé, usa a fé como uma referência que transcende a razão, um ponto fora da circunferência. No cristianismo, a definição clássica de teologia foi apresentada por Agostinho: “theologia est fides quaerens intellectum”, teologia é a fé que procura compreender a si mesma e fazer-se compreender pelos outros.

Postagens mais visitadas deste blog

CONVITE PARA POSSE

CENTENÁRIO DA PRIMEIRA IGREJA BATISTA EM DIVINÓPOLIS

Texto e Direção: 
Pr. Tarcísio Farias Guimarães
Locução: 
Pr. Petrônio Almeida Borges Júnior
Em 1919, Divinópolis ainda era uma pequena cidade em busca de desenvolvimento. A estrada de ferro trazia para a terra do Itapecerica pessoas que, somadas à população local, trabalhavam para sustentar suas famílias e contribuir com a estruturação da recém-emancipada cidade do Oeste Mineiro. A cidade contava apenas 7 anos de história quando testemunhou o início de uma outra bela história: a organização da Igreja Batista de Divinópolis, no dia 27 de Julho de 1919, resultante do trabalho de irmãos que aqui se instalaram nos anos anteriores e formaram a Congregação da Primeira Igreja Batista de Belo Horizonte. 

Os 31 membros que escreveram as primeiras páginas da história da nossa Igreja foram usados por Deus para espalhar a semente do Evangelho nos corações daqueles que estavam à sua volta. Cumpre-se na história centenária da Primeira Igreja Batista em Divinópolis o que está escrito em Eclesiastes, cap…