segunda-feira, 30 de maio de 2016

CHAMADO PARA SER UMA BÊNÇÃO

"Então o Senhor disse a Abrão: "Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei. "Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção". (Gênesis 12:1,2)

Abraão foi chamado por Deus para ser o "pai da fé", a pessoa pela qual Deus constituiu o seu povo na terra e através de quem a salvação em Cristo tornou-se uma realidade a linha do tempo. O patriarca desenvolveu um relacionamento pessoal a partir do qual recebeu direção para a caminhada e promessas para a sua descendência. O seu caráter foi provado. Ele aprendeu a viver de fé em fé. Em Cristo o povo de Deus é chamado à santidade, a viver pela fé tendo o caráter transformado, sendo provado e testemunhando a sua providência. É assim que nos tornamos uma bênção. Uma vida de santidade é uma vida abençoada. Todo crente tem um chamado à santidade. Aprende a viver de maneira agradável a ele e não mais se conforma aos padrões mundanos. Diante da luz da santidade divina até mesmo aspectos que parecem qualidades podem revelar-se como defeitos. O cauteloso pode revelar-se incrédulo e mentiroso. O pacificador e leal no momento de crise mostra-se procrastinador e indolente. De paciente passa-se a passivo, indeciso e negligente. Mas o único Deus vivo e verdadeiro não suporta meias verdades nem o "ser interior" dividido. Muitos erros provocados por falhas em nosso caráter terão que ser administrados. Isso faz parte do nosso crescimento em santidade para nos tornarmos uma bênção.