Pular para o conteúdo principal

OPOSIÇÃO SEM POSIÇÃO

Diante do retorno de Lula ao palanque, de onde as oposições não desceram, os partidos liderados pelo PSDB e setores do PMDB, intensificam a articulação para antecipar 2018. Lula é o maior líder popular do Brasil e se tornou um símbolo nacional. Agora, a sua vitimização se torna a única estratégia de mobilização da militância do PT. O PT, que fez da oposição sua escola de guerra, sabe que o ataque é a melhor defesa e começa a armar o contragolpe. Enquanto isso, o país caminha para a depressão econômica. O governo Dilma é incompetente e incapaz de unir as forças políticas, nem mesmo em sua base. Contudo, o mais preocupante é saber que a oposição se mostra sem posição e faz da alternância de poder seu único projeto. Qual a proposta para o combate à corrupção? O que se propõe para tornar o Estado mais eficiente? Existe um projeto de Nação? O PT, enquanto era oposição, respondia eloquentemente a esses questionamentos. Uma vez na situação, preservou a retórica, mas perdeu a credibilidade. Nem assim a oposição foi capaz de ir além do ressentimento. Com as principais lideranças também sendo investigadas ou na condição de réus, perderam a oportunidade de apontar um caminho diferente.

Postagens mais visitadas deste blog

CONVITE PARA POSSE

SITES SOBRE TEOLOGIA E PESQUISA BÍBLICA